Projeto READY WOMEN

Projeto READY WOMEN

A crise socioeconômica enfrentada pela Europa faz com que o mercado laboral seja severamente afetado, provocando o aumento das taxas de desemprego, e influenciando negativamente o potencial crescimento da UE.
Face a esta situação, pretende-se que a Europa se torne uma economia inteligente, sustentável e inclusiva. De notar que, o termo “inclusiva” se traduz tanto no aumento das taxas de emprego na Europa como no apoio aos seus cidadãos, independentemente da sua faixa etária, e que possuem menos oportunidades, contribuindo para que tenham a possibilidade de mudança, investindo na sua Formação e adquirindo novas competências e capacidades.
O desemprego entre mulheres e jovens é particularmente elevado, sendo esta situação ainda mais alarmante quando nos referimos a mulheres portadoras de deficiência, pois vêem-se obrigadas a enfrentar dupla discriminação: como mulheres, e como pessoas com deficiência. Estas mulheres tornam-se ainda mais vulneráveis devido a problemas relacionados com o difícil equilíbrio entre a saúde e o trabalho, com a limitada disponibilidade de formação e acesso a recursos, com as inúmeras barreiras de acessibilidade, com problemas mentais ou psicológicos, entre outros.
Através deste projeto, pretende-se oferecer novas oportunidades, ferramentas e recursos inovadores que permitam às mulheres portadoras de deficiência física e/ou sensorial, melhorar as suas qualificações e, consequentemente, os seus níveis de empregabilidade. Devido a uma parceria europeia estabelecida pela cooperação e motivação de várias organizações europeias oriundas de diferentes países e com valências díspares, mas que se complementam através da partilha de características e objetivos comuns, este projeto trará novos instrumentos, novas ferramentas e novas metodologias que facilitarão o acesso à formação, à aprendizagem, ao desenvolvimento e à avaliação de competências, possibilitando a sua transferência para o contexto laboral.
Desta forma, o principal objetivo do projeto READY WOMEN é oferecer novas oportunidades, ferramentas e recursos inovadores para mulheres adultas portadoras de deficiência, para que possam melhorar as suas qualificações e, consequentemente, seus níveis de empregabilidade e integração no mercado de trabalho, principalmente através de ações de formação relacionadas com os “New Yields of Employment” (NYE) e com os seus setores emergentes.
O projeto READY WOMEN, implementado através de uma parceria estabelecida com 10 organizações de 7 países, permitirá alcançar os seguintes objetivos:
* Aumentar a autoconfiança das mulheres portadoras de deficiência física de maneira individual e coletiva.
* Identificar as relações existentes entre mulheres portadoras de deficiência física e oportunidades de emprego, e entre os NYE e os seus sectores emergentes em cada um
dos países parceiros pertencentes ao projeto, reconhecendo assim, os setores
específicos com maior potencial para serem desenvolvidos por mulheres portadoras de
deficiência física, após terem sido colmatadas as necessidades de formação dessas
mesmas mulheres, em cada um desses sectores.
* Detetar quais as melhores práticas de inclusão no mercado de trabalho, de mulheres
portadoras de deficiência física, que estão relacionadas ao NYE e aos setores emergentes
em cada um dos países parceiros envolvidos no projeto.
* Enfatize a importância do treinamento e aprimore as capacidades das mulheres
portadoras de deficiência física, ressaltando que esse deve ser um processo de
aprendizagem que permitirá às mulheres obter maior facilidade de acesso ao mercado
laboral, tirando proveito das TICs.
* Criar uma rede virtual de colaboração entre mulheres portadoras de deficiência física
nos países da EU, parceiros do projeto, e que trabalham com a NYE e os setores
emergentes, com o objetivo de promover o trabalho em rede, e a troca de experiências
e conhecimentos, tanto entre as mulheres que participam no projeto READY WOMEN,
como também entre elas e outras mulheres portadoras de deficiência física que já se
encontrem a exercer no mercado laboral.
* Implementar um curso/formação destinado a desenvolver competências básicas e
profissionais bem como, capacidades sociais para mulheres portadoras de deficiência
física.
* Divulgar resultados, ferramentas e metodologias criadas a nível transnacional.
O projeto contribuirá para a Estratégia Europa 2020, e para as metas relativas ao papel
da educação e formação ao nível da inclusão social. Irá assim, capacitar e garantir que os
cidadãos, em particular, os adultos portadores de deficiência, as mulheres com baixos
níveis de escolaridade e as mulheres desempregadas e portadoras de deficiência e que
abandonaram a escola mais cedo, possam ter acesso a aprendizagem ao longo da vida,
aperfeiçoando as suas competências sociais e melhorando os seus níveis de
empregabilidade.